Cristiana, a Guerreira



O sorriso é o sentimento mais bonito que o coração liberta”. Esta frase passou a ser uma das minhas citações favoritas desde que “conheci” a Cristiana. A verdade é que não tive o prazer de a conhecer fisicamente, mas sinto que ela se tornou numa grande amiga enquanto trabalhei para realizar o seu sonho. Fui cativada pelos seus textos que me fizeram sorrir muito, e também chorar. Fui surpreendida pela forma crescida e corajosa com que ela enfrentou todos os obstáculos no seu caminho. Fui inspirada para crescer com o seu exemplo de positivismo, determinação e amor. Amor pela família, amor pelos amigos, amor pelo sonho, amor pela vida.


Tenho de admitir que quando fui convidada para fazer parte da equipa de sonho, já com o objetivo de fazer um livro, fiquei extremamente entusiasmada… Convidaram-me para realizar o meu próprio sonho, para pôr em prática o que tenho aprendido, claro que ficaria entusiasmadíssima. Mas esse sentimento já nem sequer pode ser comparado ao que sinto agora, quase dois anos mais tarde, mil alegrias e mil contratempos depois.


O processo da concretização do livro não foi fácil, mas foi algo pelo qual valeu a pena lutar, sem qualquer duvida. E em relação a isso, não podia deixar de expressar a minha admiração pela Leonor, pela Mariana e pela Cristina. Elas foram absolutamente incansáveis durante todo o processo. Sem elas não podíamos ter agora o privilégio de dar uma vez mais voz à Cristiana, e mesmo que conseguíssemos fazê-lo, tenho a certeza que não seria da mesma forma. Grande parte da identidade do livro que publicamos, que (modéstia à parte) é encantadora, foi inspirada e impulsionada pelo carinho e pela amizade que as três têm pela Cristiana. Adorei ilustrar a história da Cris, e com estas inspirações tudo se tornou mais simples. Tentei não me focar só no texto, mas também na atitude desta menina tão crescida. Tentei, através do que li nas entrelinhas e das descrições de brincadeiras e momentos que as meninas da U.DREAM me contaram, passar a mensagem da Cris por imagens de forma a que ela ficasse orgulhosa e feliz.


Agora, só posso agradecer pela realização do sonho, porque me fez também a mim muito feliz. Obrigada à U.DREAM, obrigada aos pais da Cristiana, obrigada a todos que de alguma forma contribuíram para que tudo corresse tão bem. Sinto-me tão grata por podermos finalmente partilhar não só a história da Cris com todos, mas acima de tudo o seu pensamento, a sua garra e a sua a forma única e lindíssima de ver o mundo, que não deixam ninguém indiferente.


Obrigada à Cris, que me fez viver com uma nova perspetiva, uma muito mais colorida.



Partilhar