Que caminho seguias?

Se uma parte relevante da cidade do Porto anda de metro, a U.DREAM não podia deixar de passar por lá. “E se o tempo parasse? Que caminho seguias?”, era uma frase que se podia ler no chão de algumas paragens de metro acompanhada de duas portas, uma cinza e uma colorida. Esta campanha pretendia “acordar” as pessoas e fazer com que elas se questionassem sobre o rumo que a vida dela levava. Será que sou realmente feliz? Será que foi isto que imaginei para mim? Que caminho escolhi?

Partilhar