Quem somos afinal?

História

Fundada a 20 de Agosto de 2013, a U.DREAM (UD) nasceu no seio da Faculdade de Economia do Porto, idealizada e concebida por jovens estudantes que, um certo dia, se colocaram a seguinte questão: "O que estou eu a dar ao mundo?"
Movidos pela vontade de entregar mais à sua comunidade, decidiram desafiar a própria lógica do associativismo juvenil criando assim a primeira Empresa Júnior Social do país. A UD foi combinando e expandindo dois mundos - empresarial e social - procurando mostrar que também se podiam criar projetos sociais com estruturas similares ao de empresas.

Havia inicialmente dois grandes objetivos:

O social: Que estava inteiramente dedicado ao acompanhamento de crianças com patologias (cancro, paralesia cerebral, autismo, etc...) e respetivas famílias culminando esse acompanhamento com a concretização do sonho dessa mesma criança procurando sempre que o mesmo tivesse impacto a longo prazo.

O empresarial: Garantindo assim a autossustentabilidade do projeto para provar que ajudar, não é sinónimo de donativos e que se precisamos de meios, então temos de trabalhar para merecê-los. Na altura testou-se mecanismos de sustentabilidade associados a consultoria júnior, estratégia que caiu ao fim de dois anos, dando lugar a outras mais .

Com o avançar dos anos, a UD começou a caminhar para um projeto educativo abrindo portas a perspetivas diferentes (e mais profundas) sobre o que podía conseguir ao nível  desenvolvimento pessoal dos estudantes e criando espaço para outros tipos de impacto. Hoje em dia trabalhamos com lares de idosos, lares de juventude e infância, escolas secundárias, entre outros…

Em 2016, pelas mãos do Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego (POISE) enquadrado no Portugal 2020, iniciamos a nossa expansão nacional para as cidades de Braga, Aveiro em 2017 e Coimbra em 2018. 

Depois da expansão explosiva, seguiram-se tempos de reflexão: O que é afinal a UD? Que tipo de impacto queremos gerar? Foi aí que nos começamos a posicionar enquanto um projeto educativo na área da educação informal que se propõe a desenvolver nos estudantes universitários competências para o impacto social.

Por fim, no Verão de 2019 iniciou-se a expansão para a cidade de Lisboa com o apoio da Caixa Geral de Depósitos. Para já é isto, uma história de 6 anos, embalada por amor (consciente) por onde já passaram mais de 500 estudantes universitários. A melhor parte… é que amanhã há mais para contar.

A U.dream hoje

A U.DREAM (UD) é um projeto educativo que tem como missão educar os estudantes do ensino superior para o impacto social, através de um programa de dois anos que se foca no desenvolvimento de competências pessoais e na sua direta envolvência na comunidade. 
Consideramos que os jovens de hoje têm dificuldade em gerar impacto social, em gerir as suas relações e em encontrar o seu propósito e por isso, a UD desenvolveu um programa de 2 anos que desenvolve individualmente cada um dos estudantes através de uma viagem profunda sobre quem são ao mesmo tempo que os envolve diretamente na comunidade através de diferentes projetos de impacto social.

Junto das comunidades onde trabalhamos (Porto, Braga, Aveiro e Coimbra) acompanhamos crianças em estados de saúde ténue durante 3 meses nos seus domicílios, fazemos ações de felicidades nas ruas da cidade; acompanhamos Lares de Infância e Juventude e Lares de Idosos e por fim, fazemos palestras inspiracionais em escolas secundárias.
A metodologia UD acredita no empoderamento destes jovens através da capacidade de melhor compreender e praticar valores como autoconsciência, empatia, gratidão, amor, entre outros. Por isso motivo, desenvolvemos ações de formação contínuas no tempo diretamente relacionada com esses valores e que acompanham, ao longo da viagem UD, as experiências sociais em cima referidas. A viagem deste estudantes resume-se a compreender:

“Eu”: Capacidade de me conhecer bem e assim identificar o meu propósito
“Eu e os outros”: Capacidade de melhor relacionar com a minha família, amigos e comunidade
“Eu e a comunidade”: Capacidade de gerar impacto social positiva na comunidade onde estou inserid

No fim do programa UD, todos os membros desenvolvem o seu próprio projeto de impacto social, tendo aí a oportunidade de levar todo o empoderamento para empresas parceiras (através de estágios UD), para as suas famílias ou mesmo comunidade local.

Não queremos que seja a sorte a definir se vamos ou não ser felizes e temos a certeza que mundo vai mudar nas nossas mãos, nas mãos da consciência e claro, nas mãos do amor (consciente).